Ir para conteúdo

kodo no kami

Membros
  • Total de itens

    73
  • Registrado em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    8

kodo no kami ganhou o dia em 16 de fevereiro

kodo no kami teve o conteúdo mais curtido!

Reputação

30 Excelente

2 Seguidores

Dados Pessoais

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. galera uma pequena obs, eu inverti ali contato aberto e contato fechado kkkk se algum mod/adm puder modificar o trecho anterior por esse, não da para editar =/
  2. bom galera o CADe SIMU é um simulador legalzinho onde podemos simular um CLP (deixo tambem essa postagem de referencia do mano 51M0N do funcionamento de um CLP -> como funciona o PLC). Para baixar o CADe SIMU podemos ir direto no site oficial site oficial depois de baixar, basta extrair e executar ele no menu Entradas/Saidas temos 2 tipos de CLP (se eu não estiver errado o primeiro é um Logo 24rce e o segundo um s7-1200). Uma coisa que eu não gostei nesse simulador são os icones do menu são bem pequenos não sei se é possivel aumentar eles =/ nesse exemplo vamos usar o Logo, sendo a sua alimentação 24v feita pelo P1 e P2. Usamos o menu Alimentação para colocar o VCC/GND e o menu Cabos e Conexões para selecionas os cabos vou fazer uma simples logica ligar e desligar usando dois botões simples um para ligar outro para desligar, quando a gente apertar o botão de ligar uma vez o CLP vai aceder uma lampada e quando for apertado o botão de desligar a lampada vai ser apagada. Outra coisa que temos que citar que a saida desse CLP do simulador é via relé ou seja precisamos alimentar ela tanto com positivo quanto com negativo, o CLP nesse caso vai atuar como uma chave para o relé interno. Nesse exemplo coloquei tambem dois botões nas entradas I1 e I2 e uma lampada na saida Q1 para programar o CLP usaremos a linguagem ladder (nesse simulador tambem é possivel por grafcet e logica). No menu ladder a gente seleciona alimentação positiva e negativa, colocamos um contato fechado com o nome da entrada I1 interligado a um contato aberto com o nome da entrada I2 na saida Q1 (resumindo, quando a gente apertar no botão vai fechar o o contato I1, como o I2 ja vai esta fechado vai alimentar a saida Q1). Tambem fazemos um selo com um contato Q1 em paralelo ao I1 para quando a gente soltar o botao do I1 vai ser realimentado pela propria saida Q1 e vai continuar ligado. Por outro lado quando o botão da entrada I2 for apertado vai abrir o contato I2 e desligar o Q1 o nosso exemplo ta prontinho bastando começar a simular e por fim aperta no botão para ver o funcionando do nosso codigo ladder se a gente apertar no outro botão vai desligar a lampada pela logica no ladder bom galera é so um exemplo basicão tem muitos outros componentes nesse simulador para brincar, excelente para começar brincar com a linguagem ladder *-* by kodo no kami
  3. então mano puxei as info do proprio site do sindicato usando o perl depois transformei em db para manipular no delphi \o
  4. opa bem vindo ao forum, qualquer coisa so chamar \o
  5. galera mais um software ai, dessa vez do sindicato de vr e algumas cidades proximas, bom para encontrar um mecanico quando o carro da pau em algum lugar ou alguem que trabalha em alguma area especifica para algum tipo de trabalho. O DB é bem pequeno tem apenas 5k de dados (obs: algumas colunas nao ficaram muito ordenadas =/ ) downnload (mega)
  6. ola erik tudo bem? então mano não existe uma linguagem ideal para começar, no caso basta escolher uma do seu gosto ou a que te chamar mais atenção e estudar ela (quando sentir vontade de mudar de linguagem so mudar não precisa se prender a ela ~ meu primeiro contato com programação foi a linguagem basic depois pulei para pascal). Exemplo algumas linguagens c: linguagem boa para programação desktop, tem compilador para maioria das arquiteturas e plataformas inclusive embarcados. Embora não seja usada para programação web é possível, boa parte do linux e seu kernel foi construída nela, boa para manipular memoria por não ter tanta abstração c++: uma linguagem baseada na linguagem C com um dos diferencias que ela é orientado a objeto basic: linguagem mais antiga que a anterior,. comumente usada em computadores e sistemas operacionais antigos embora ainda seja usada hoje em dia, tem muitas variações hoje em muitas IDE e aplicações como visual basic (vb) sendo muito boa para criar programas com interface grafica, visual basic .net (usa o recurso dotNet) , vba (macro para office e semelhantes), vbs (script semelhante ao javascript que era usado no internet explorer) pascal: tambem uma linguagem antiga embora muito boa para aprender a programar (muitos cursos e faculdades usam ela para dar os primeiros passos), a linguagem hoje tem grandes IDE com uma facilidade para programação com interfaces graficas como borland delphi (atualmennte rad studio) e o lazarus. Tem uma linguagem chamada algol que é usada para ensinar algoritimos que foi baseada em pascal (basicamente é o pascal em portugues java: a linguagem java é multiplataforma ou seja o executavel dela vai rodar em qualquer plataforma que exista a VM (tambem é usada muito para programação desktop, web e mobile), na minha opinião uma parte negativa do java que ele é todo orientado a objeto então para quem ta começando acaba dando de cara com a orientação objeto para quem esta começando pode complicar um pouco, java tem a sintaxe parecida com c/c++ então sair de uma para aprender a outra é bem simples pelo menos em alguns pontos c#: uma linguagem que tem o nome estranho, e a sintaxe dela é bastante semelhante a do java (tambem toda orientada a objeto). o c# usa o .net da microsoft, no linux pode usar o mono python: uma das linaguens mais usada para se iniciar em programação hoje em dia. o python é uma linguagem interpretada ou seja não gera o executavel e sim os scripts dele são lido pelo interpretador e processado (isso a torna multiplataforma). python é uma linguagem bem simples para começar por ter muitos tutoriais na net alem de uma gama enorme de modulos perl: a linguagem perl é interpretada tambem igual o python, uma das vantagens do perl que ele tem a sintaxe parecida com a linguagem C, diferente do python que tem uma sintaxe um pouco diferente. Perl é uma excelente linguagem para processar texto e ate criar bots, ele tem expressão regular nativa, e muitas das funções nativas dele são semelhante aos comandos do proprio linux/unix lua: tambem uma linguagem interpretada (uma trivia dela que foi criada por brasileiros na puc), ela é constantemente usada em conjunto com programas para deixar mais dinamico como script nse do nmap, alguns games usam a liguagem lua para desenvolvimento de mods tambem (ex: project zomboid, starbound, dont starve etc). html, css e javascript: se o seu foco for a desenvolvimento web (criar sites etc), as 3 ali naquela ordem citada é o recomendado para iniciar. O html e o css são usados para desenvolver a interface do site deixar com visual melhor, ja o javascript voce deixa a pagina bem mais dinamico manipula elas usando ele (tu pode usar js no lado do servidor com o nodejs ou ate mesmo usar ele para programação desktop) php: uma linguagem boa para web no lado do servidor é o php sendo uma linguagem interpretada (antigamente era usada muito a linguagem perl, inclusive na criação do php foi influenciado pelo perl), a linguagem php tem a sintaxe muito semelhante algumas linguagens então pular de uma para outra não é tão complicado (perl, java, javascript, c/c++). Voce tambem pode usar php para programação desktop cobol: aqui a linguagem mais antiga que as anteriores, cobol embora seja antigo é usado hoje em dia para programação em computadores de grande porte como mainframes em bancos e grandes empresas. A sintaxe dela é um pouco diferente separados por divisões assembly: essa linguagem é uma conversão da linguagem da maquina para um codigo mnemonico textual que quando compilado gera o seu codigo binario equivalente na linguagem da maquina daquela arquitetura. É uma linguagem que muda dependendo da propria arquitetura, então se voce aprender assembly da arquitetura x86 não vai conseguir programar em assembly para um raspberry pi que é arquitetura arm, ou para o arduino no caso um avr. Assembly é uma boa linguagem para estudar aquela arquitetura em si, aprender fazer engenharia reversa em programas para aquela arquitetura, ou ate mesmo criar programas mais limpos sem muita abstração com uma performance maior que os gerado em linguagens de mais alto nivel tem muitas outras linguagens alem das citadas \o
  7. Galera um bom uso para linguagem perl é o processamento de texto (excelente para manipular arquivos csv), ele pode ser usado ate mesmo via saída do terminal de forma bastante semelhante a linguagem awk. Para executar funções perl diretamente pelo terminal usamos o parâmetro -e ou -E seguido das funções e estruturas separadas por ponto e virgula (ela também deve ser colocada entre aspas) perl -e ' print "perl é vida\n"; ' é possivel colocar mais de um parâmetro -e perl -e ' $variavel = "perl e vida"; ' -e ' print $variavel . "\n"; ' podemos redirecionar a saída usando os comandos e programas do terminal para o interpretador perl via pipe, entretanto precisamos definir o parâmetro -n para que seja lido linha a linha e executado o mesmo comando em todas as linhas cat texto.csv | perl -n -e ' print ' o codigo abaixo é equivalente ao anterior cat texto.csv | perl -ne ' print ' em awk o código anterior seria equivalente a esse cat texto.csv | awk ' {print} ' é possivel ler linha a linha e fazer o print automaticamente bastando substituir o parâmetro -n pelo parâmetro -p cat texto.csv | perl -p -e ' ' para a gente pegar a passagem naquela linha podemos usar a variável $_ cat texto.csv | perl -n -e ' print $_ ' outro exemplo só que dessa vez usando regex para filtrar os nomes que na segunda letra deles tem um 'o' (semelhante ao comando grep) cat texto.csv | perl -n -e ' if($_ =~ /^.o/){ print } ' outra forma de fazer o comando anterior seria cat texto.csv | perl -n -e ' print if $_ =~ /^.o/ ' é possivel usar split para recortar trechos específicos e manipular eles, exemplo separar tudo em uma array para manipular separadamente (semelhante ao comando cut) cat texto.csv | perl -n -e ' @linha = split(",",$_); print "$linha[1]\n"' o perl nos permite separar da mesma forma que o comando anterior de uma forma bastante simples usando o argumento -a para fazer o split e o -F seguido do delimitador (nesse caso é o ","). Para a gente acessar cada valor usamos @F e a sua posição cat texto.csv | perl -F"," -a -n -e ' print "@F[1]\n" ' é possível usar a estrutura BEGIN e END para processar apenas uma vez no começo ou no fim, exemplo um contador de linha que começa ja setado com o valor 1 e vai incrementando a cada nova linha e exibindo o resultado quando terminar (wc pra que ne) cat texto.csv | perl -ne 'BEGIN{ $cont = 1 }; END{ print "linhas: $cont \n" }; $cont++ ' podemos usufruir de todos os recursos e módulos da linguagem perl, exemplo usando o modulo Digest::MD5 para retornar a hash dos nomes cat texto.csv | perl -F"," -ane 'BEGIN{ use Digest::MD5 md5_hex }; print md5_hex(@F[0]) . "\n" ' com parâmetro o -M importamos o modulo desejado sem precisar ficar declarando ele com o use cat texto.csv | perl -F"," -M"Digest::MD5 md5_hex" -ane 'print md5_hex(@F[0]) . "\n" ' tambem é possivel criar um script e chamar ele #!/usr/bin/perl print @F[0]; no comando do script não colocamos o -e apenas o nome do script cat texto.csv | perl -F"," -an kodo.pl embora os comandos digitados seja em um terminal linux o mesmo pode ser feito em outras plataformas tambem. Exemplo no prompt do windows type texto.csv | perl -F"," -ane " print \"@F[0]\n\" " bom galera é isso, existem outros parâmetros que podem ser passados para o interpretador perl além dos citados \o by kodo no kami
  8. segue o link fiz em delphi 7, é necessario o componente zeuslib para conexao com o db https://mega.nz/#!rp4BjSIb!RHAW-4Ajnz0vwti4rhD7goagn8Ww-nX-2xjcDg7tZRg eita delphi sendo delphi kkkk, sempre é pego por algum av =/ ele ta limpo ta galera kkk
  9. kodo no kami

    [download] kodo buscap

    galera um pequeno software que tem uma pequena base de telefones (so vou enviar 10% dela ^^ ) download (mega)
  10. Bom galera isso é apenas uma pequena dica, tem um microscópio USB bastante interessante para quem curte eletrônica (não necessariamente apenas eletrônica, é possivel usar ele para outras coisas como biologia e tal kkk). Como ele é um microscópio digital então é necessário usar ele junto a um computador ou um celular (nesse caso precisa de um cabo OTG para conexão com o celular). Esse meu microscópio amplia ate 1000x embora exista outros modelos que amplia menos outros que amplia mais dessa mesma marca (claro existem outras marcas tambem, so que esse achei relativamente barato ~ made in china '-' ) você também pode controlar a iluminação dele alem de ter como ampliar fisicamente rotacionando e aproximando o microscopio tambem é possivel ampliar digitalmente via software ate 400x em cima daquela imagem (o mesmo pode ser feito por um botão no proprio microscópio) o software tambem permite a gente tirar uma foto (sendo que é possivel fazer o mesmo através de um botão no microscopio tambem), alem de ter como inverter a imagem ou espelhar ela e capturar como video as vezes é um pouco complicado focar tendo que calibrar certinho para aquele objeto em especifico, principalmente objetos muito pequenos qualquer tremida ja vai perder o foco nele podemos usar o microscópio em placa e conferir se as trilhas e soldas não estão em curto, ou para ler e manipular os componentes smd que são bem pequenos =/ bom galera para a gente ver o quanto isso amplia, eu peguei um pedaço de pano velho aqui ampliando um pouco mais aquele pano no maximo bom galera é isso fica a dica desses microscópio ai \o by kodo no kami
  11. Galera existe uma extensão no sistema windows que permite abrir paginas html em um programa especifico, essas paginas html são abertas e interpretadas em um programa chamado mshta que é uma especie de navegador baseado no internet explorer para executar aplicações que são feitas na linguagem html. Bom galera para usar o hta é bastante simples bastando criar a pagina html em um arquivo com extensão .hta, e depois executar ele como qualquer outro tipo de executável daquele sistema https://gist.github.com/hackerfts315/267a944b3c3e9fb27984fae4bc027168 é possivel usar css, javascript e ate o antigo vbs https://gist.github.com/hackerfts315/cbe1e6ad0b7a13903235289faf88d4a7 você também pode usar activex e wscript para conseguir fazer um monte de coisa que não seria possível nos navegadores atuais (claro, não é possível por medidas de segurança kkk) https://gist.github.com/hackerfts315/97c7f8825b2da1022b934e3e533c7c39 bom galera é isso, apenas uma pequena dica \o obs: galera coloquei os codigos tudo no git, pq o forum ta interpretando eles =/ by kodo no kami
  12. E ae galera beleza? nesse tutorial vamos criar um player para algum stream ou radio online em delphi usando o activeX do Windows Media player (como é um componente activeX o mesmo poderia ser feito em outras linguagens e IDEs que permite importar esses tipos de componentes). Nesse exemplo estarei criando um player para a radio blast que é uma radio de cultura niponica, sempre tocando musicas de animes ou desse genero. Então galera mãos a obra, vamos começar abrindo o delphi com o delphi aberto vamos instalar o activex do windows media player, para isso apertamos no menu "Component" e depois em "Import ActiveX Control" vai abrir uma aba, nela procura o activeX do windows media player e aperte em install, se tudo ocorrer bem ele sera instalado na aba activeX agora galera vamos criar o nosso player, vou colocar dois buttons o primeiro vai começar a tocar e o segundo vai parar de tocar, também vou colocar o componente do windows media player da aba ActiveX (como é uma radio com apenas o retorno do audio eu posso simplesmente ocultar o componente do windows media player colocando false na propriedade visible dele, você pode deixar visivel caso seja um stream de video) para que funcione você deve pegar a url certinho do stream (não a da pagina), para fazer isso você pode usar o inspecionar elemento do navegador (com essa url em mãos voce tambem pode tocar a radio pelo próprio windows media player ou ate pelo vlc ou qualquer outro player) a gente atribui a url do stream no atributo URL do componente WindowsMediaPlayer no evento OnClick daquele botão que vai começar a tocar procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject); begin WindowsMediaPlayer1.URL := 'http://192.99.150.31:8315/principal'; end; no segundo botão a gente atribui uma string vazia procedure TForm1.Button2Click(Sender: TObject); begin WindowsMediaPlayer1.URL := ''; end; pronto bastando compilar e testar (nesse momento ta tocando rip slyme: super shooter ~ op de gantz) podemos customizar o player da forma que a gente quiser inclusive adicionar novas funcionalidade como exibir as musicas tocadas e etc bom galera isso aqui é apenas um tutorial não é um player oficial da radio blast, existe um para android codado pelo Etrom Kusanagi so procurar la no discord da radio caso tenha interresse, tambem deveria ter um bot no discord deles se um tal de kodo não tivesse sumido esses meses (pressinto que o Joke e o Sephis vão puxar a orelha dele quando ele aparecer por la T.T ), Bom galera é isso ando meio sumido ultimamente mais ainda estou vivo, então ate um proximo tutorial daqui a uns meses \o by kodo no kami
  13. kodo no kami

    [download] kodo ceps

    bom galera dessa vez um programinha de consulta de ceps e ruas, so estou enviando apenas 100k do db \o download (mega)
  14. bom galera nesse tutorial estaremos mexendo com o icarus verilog, sendo ele um sintetizador e simulador da linguagem verilog. A linguagem verilog é uma linguagem de descrição de hardware, por ela podemos descrever o funcionamento interno de um hardware especifico, podemos como exemplo recriar todo o funcionamento de uma arquitetura ou de um processador usando apenas uma determinada linguagem. Existem inclusive chips construídos especificamente para sintetizar internamente toda aquela logica usando esse tipo de linguagem como ocorre nos FPGA, onde podemos recriar uma arquitetura e o seu funcionamento em cima daquele chip e daquela linguagem (ainda não tive a oportunidade de mexer com FPGA T.T ). Bom galera para começar a gente baixa o icarus no site oficial, o icarus é opensource e existem para diversas plataformas como windows e linux (em boa parte das distros linux ele ja tem no repositorio da distro) site oficial depois de baixar e instalar via repositório ou via binário (dependendo temos que coloca nas variáveis de ambiente para conseguir executar ele em qualquer diretório), criamos um código basicão que ira exibir uma string na tela do simulador (não vou ensinar a linguagem verilog nesse tutorial apenas o uso do icarus), para isso criamos em um arquivo o nosso codigo verilog (normalmente com extensão .v) module kodo; initial begin $display("ola mundo by kodo"); end endmodule o codigo a cima vai exibir na tela do simulador a mensagem "ola mundo by kodo", para a gente sintetizar e rodar no simulador usamos o comando iverilog, passamos como argumento o nosso código fonte (também podemos ter uma saída com um nome especifico usando o argumento -o seguido do nome do arquivo de saída antes do nome do código fonte) iverilog -o kodo.out kodo.v para simular ele usamos o comando vvp seguido do arquivo de saida vvp kodo.out outro exemplo seria sintetizar um clock, que ira exibir uma mensagem quando tiver uma borda de subida e outra mensagem quando for uma borda de descida module kodo; reg clock = 0; initial begin end always #100 clock = ~clock; always @(posedge clock) begin $display("borda de subida"); end always @(negedge clock) begin $display("borda de descida"); end endmodule no exemplo anterior ele ficara preso em um loop infinito, se a gente apertar control+c vai dar um break e depois ira cair em um terminal interativo, onde podemos digitar finish para sair, cont para continuar, step para rodar passo a passo, ls para listar os modulos, entre outros comandos podemos exportar um vcd e carregar em um programa para exibir toda essa mudança dos estados. Para fazer isso usamos as diretivas $dumpfile e $dumpvars, nesse meu exemplo a baixo sera armazenado no registrador k o estado invertido do clock module kodo; reg clock = 0, k = 0; initial begin $dumpfile("kodo.vcd"); $dumpvars(0,clock); $dumpvars(1,k); end always #100 clock = ~clock; always @(clock) begin k = ~clock; end endmodule depois do dump bastaria carregar o nosso vcd em algum programa que interprete esse formato como o gtkwave, waview ou qualquer outro desse genero. bom galera esse é o básico do icarus ^^ by kodo no kami
  15. kodo no kami

    [download] kodo tel600k

    bom galera ja codei e postei um software semelhante a esse, nele exibia placas de veículos do estado de são paulo, esse mostra telefones e endereços (não necessariamente de sp tendo outros estados tambem). Como no soft anterior so vou disponibilizar 30k dos 600k do db (kodo seu mão de vaca!!! ta fui eu que tive o trabalho de garimpar esse trem então é 30k e pronto u.u ), Talvez futuramente eu disponibilize uma porção maior desse db ou ate mesmo um sistema com esses dbs e mais alguns com informações cruzadas em um único sistema de busca (quem sabe ne XD) download (mega)
×

Informação Importante

Ao usar este site, você concorda com nossos Termos de Uso.